Dicas

Imagem de Gestantes X Café
Gestantes X Café (16/03/2015) Orientações sobre o uso de cafeína durante a gestação

 

O café, com 6,7 milhões de toneladas consumidas por ano é uma das bebidas mais populares do mundo, agradável não apenas por seu aroma encantador e sabor marcante mas também por seu potencial efeito estimulante. Dentre os compostos presentes neste alimento, a cafeína obtém o principal destaque e tornou-se motivo de muita discussão quanto sua atuação como fator de proteção para determinadas enfermidades, bem como vilã de outras.

No que diz respeito à gestação, na década de 1980 a Food and Drug Administration (FDA), um órgão equivalente a ANVISA nos Estados Unidos, orientou que o consumo desta substância fosse controlada sendo que a indicação é de 2 porções por dia, tal recomendação permanece até os dias de hoje. Cabe lembrar que existem outros alimentos além do café que possuem a cafeína como o chocolate, os refrigerantes de cola e guaraná, o chimarrão e os chás mate, preto, verde e branco, portanto, entram nesse controle. 

 
Colaboração: Jeniffer Diniz de Souza - Nutricionista CRN10 3157
 
 
Fontes:
  • ALVES, R. C. ; OLIVEIRA, CASAL, S.;OLIVEIRA, B. Benefícios do café na saúde: mito ou realidade? Revista Química Nova.  Vol.32, n. 8, p. 21 69- 21 80, 2009.
  • BENNEMANN,R.M. et al. Atendimento Nutricional de Pacientes Hospitalizados. Rio de Janeiro: Rubia, 2013.
  • CAZARIM, M.S.; UETA, J. Café: uma bebida rica em substâncias com efeitos clínicos importantes, em especial a cafeína. Revista de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada. vol. 35, n. 3, p. 363-370, 2014.