Dicas

Imagem de A importância do teste da orelhinha
A importância do teste da orelhinha (09/12/2014) A audição é um dos sentidos mais importantes, é através da audição que percebemos as coisas ao nosso redor e aprendemos a falar.

 

A audição é um dos sentidos mais importantes, é através da audição que percebemos as coisas ao nosso redor e aprendemos a falar. Por isso a importância da realização deste teste ainda no primeiro mês de vida, e, em caso positivo, iniciar a reabilitação auditiva com o uso de aparelhos ou implante coclear.

O teste da orelhinha ou EOAT (emissões otoacústicas transiente) é simples e indolor e no Brasil, por lei, todos os bebês devem ser submetidos ao exame ainda na maternidade.

Porém devido à presença de líquido na orelha média, vernix caseoso (espécie de gordura que recobre o corpo do bebê no útero) no conduto auditivo e até mesmo cerúmen, podem levar a um resultado positivo.

Além de passar no teste da orelhinha o bebê deve atender algumas recomendações do JCIH (Joint Committee on Infant Hearing), pois podem apresentar risco de perda auditiva tardia. Destacam se as seguintes situações:

  • Outros casos de surdez na família;
  • Prematuros;
  • Uso de antibiótico ototóxicos e diuréticos pelo bebê;
  • Baixo peso ao nascer;
  • Infecções congênitas como citomegalovírus e rubéola.

Nestes casos os bebês são encaminhados para realizar outro exame chamado de PEATE ou BERA e em alguns casos deve ser acompanhado até 1º ano de vida.